"Otelo"

05 de Janeiro a 20 de Janeiro | Porto

Depois de “Macbeth”, Nuno Carinhas volta a Shakespeare, com “Otelo”. Uma vez que, em “Otelo”, quando a história começa, já se está afinal perto do fim, Nuno Carinhas cavou nela espaço e tempo, e ofereceu-os às personagens, sobretudo a Otelo, Desdémona e Iago (e a nós, que os seguimos) e à beleza das suas palavras. Cúmplices e testemunhas da tragédia doméstica que cedo se desenha, somos lançados numa sucessão de palcos, cada vez mais claustrofóbica, que culmina nesse palco íntimo que é o quarto de dormir. As mortes em direto que aí presenciamos dizem-nos também respeito, a nós, seus espectadores implicados mas impotentes. Peça de múltiplos níveis, duplicidades e reflexos, é também, como frisou T.S. Eliot, sobre o nosso “bovarismo”, a forma falsa como às vezes nos encenamos, nos contamos a nós próprios e aos outros. E Nuno Carinhas faz eco desse desconforto de nos vermos assim ao espelho na estridente dissonância final de uma valsa.

 

de William Shakespeare | encenação, cenografia e figurinos Nuno Carinhas | tradução Daniel Jonas | versão cénica Daniel Jonas, Nuno Carinhas, Sara Barros Leitão | desenho de luz Nuno Meira | desenho de som Francisco Leal | assistência de encenação Sara Barros Leitão | interpretação António Durães, Diana Sá, Dinarte Branco, Joana Carvalho, João Cardoso, Jorge Mota, Maria João Pinho, Paulo Freixinho, Pedro Almendra, Pedro Frias | produção TNSJ | Língua Gestual Portuguesa + Audiodescrição + Sessão Descontraída: 9 janeiro, 19h | Conversa pós-espetáculo: 11 janeiro

* 5 de janeiro: 21h

quarta e sábado 19h | quinta e sexta 21h | domingo 16h

 

Teatro Nacional S. João

deixe-nos o seu comentário
voltar
em destaque
últimos podcasts
Blê Blê Blê - 18 de Janeiro de 2019
A Bola é nossa - 18 de Janeiro de 2019
Pré Visão - 18 de Janeiro de 2019
Universo Paralelo - 18 de Janeiro de 2019
GPS - 18 de Janeiro de 2019
os nossos ouvintes
powered by hojenet © Copyright Rádio Nova 2016 - Todos os direitos reservados