CCDR-N promove Prémios “O Norte Somos Nós”

03 de Novembro de 2017 | por Lusa
CCDR-N promove Prémios “O Norte Somos Nós” Dar visibilidade e reconhecimento a projetos inovadores da região Norte que foram apoiados pelo anterior quadro comunitário é o objetivo dos prémios "O Norte Somos Nós" hoje lançados pela autoridade de gestão e cuja votação decorre até dia 24.
O programa operacional do Norte relativo ao anterior quadro comunitário -- ON.2 -- O Novo Norte -- terminou a 31 de março e os cerca de 2,7 mil milhões de euros executados permitiram criar cerca de sete mil novos empregos, tendo sido atingidas "as principais metas físicas e financeiras", revelou Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), autoridade gestora.
"Sempre se procurou assumir que, mais do que um envelope financeiro, o Programa Operacional Regional seria levado a cabo em estreita articulação com o conjunto dos atores locais e regionais. É a relevância e a energia destes protagonistas que tem proporcionado a boa execução dos sucessivos programas e, nessa medida, motivado também a dinamização de campanhas de comunicação que procuram divulgá-los junto dos cidadãos", destaca hoje o presidente da CCDR-N, Fernando Freire de Sousa, citado em nota informativa sobre os prémios.
Precisamente para divulgar os bons resultados do ON.2 junto da comunidade, a CCDR-N decidiu lançar os Prémios "O Norte Somos Nós", selecionando para o efeito 21 finalistas -- de entre mais de seis mil projetos -- divididos em sete categorias temáticas.
"Estes exemplos ganham, assim, um maior reconhecimento e notoriedade públicos, devendo ser, ainda, acrescentada a enorme significância de um outro conjunto de 16 projetos, já premiados em outras sedes, e que decidimos assinalar neste quadro sob a designação de 'Emblemas Regionais'. Tudo debaixo de um objetivo único e determinante: o da consolidação do papel do Norte de Portugal no engrandecimento económico, social, cultural, institucional e científico do País", assinala Freire de Sousa.
Cada uma das sete áreas temáticas a concurso - Competitividade, Inovação, Investigação, Inclusão, Qualificação, Sustentabilidade e Património -- engloba três projetos de empresas, grupos de investigação e instituições públicas que assim "são reconhecidas" por investimentos que fizeram.
De entre os projetos implementados com o apoio do ON.2, a CCDR-N decidiu destacar também 16 pessoas e instituições "cujo reconhecimento já foi validado publicamente" nomeadamente os promotores do projeto Art on Chairs, que recebeu o prémio europeu Regiostars 2014, do Centro de Mar de Viana do Castelo que foi Prémio Athletice Mare 2015 e do CMIN -- Centro Maternoinfantil do Norte, a "unidade hospitalar com o maior número de partos na Região Norte e a segunda maior a nível nacional".
A estes Emblemas Regionais juntam-se: Ecodomus, I3S, Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura, Igreja e Torre dos Clérigos, Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, Passadiços do Paiva, Rota do Românico, Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões, Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto e Vale do Varosa.
Os vencedores do prémio "O Norte Somos Nós", dinamizado em parceria com o JN, serão eleitos pelo público e o resultado da votação, a decorrer online até 24 de novembro, será conhecido a 30 de novembro.
Segundo a CCDR-N, o ON.2 permitiu criar 7.862 empregos, apoiar 605 novas empresas e mais de 500 projetos empresariais de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (I&DT), beneficiar perto de 135 mil alunos com 375 novas escolas na região, reabilitar 70 núcleos urbanos e construir 136 novos quilómetros de estradas.
deixe-nos o seu comentário
voltar
em destaque
últimos podcasts
Blê Blê Blê - 23 de Novembro de 2017
Universo Paralelo - 23 de Novembro de 2017
GPS - 23 de Novembro de 2017
Entrevistas - 23 de Novembro de 2017
Entrevistas - 23 de Novembro de 2017
os nossos ouvintes
powered by hojenet © Copyright Rádio Nova 2016 - Todos os direitos reservados