Jorge Jesus: "As estratégias vão ser mais de risco"

23 de Janeiro de 2018 | via publico.pt
Jorge Jesus:

O Sporting de Jorge Jesus e o FC Porto de Sérgio Conceição vão encontrar-se pela segunda vez nesta temporada, mas, defende o técnico "leonino", esta meia-final da Taça da Liga em Braga será diferente do confronto que ocorreu em Alvalade para o campeonato e que terminou num empate sem golos.

"É um jogo que tem de ficar decidido. Por isso, as estratégias vão ser mais de risco", projectou o treinador do Sporting, reconhecendo que os "leões" passaram um mau bocado no jogo em Alvalade: "O FC Porto apertou-nos muito bem e às vezes não conseguimos sair bem."

O objectivo, reforça Jesus, é ganhar o primeiro troféu da época, um troféu que o Sporting nunca conquistou, mas que o técnico já ganhou por cinco vezes nos seus tempos de Benfica: "Vai ser um jogo difícil para as duas equipas, com intensidade e qualidade. É aqui que queremos estar, nas decisões, queremos estar em Braga a disputar a final. A nossa intenção é ficar até sábado, acreditamos no nosso valor."

Para Jesus, não é uma surpresa o que Sérgio Conceição, seu antigo jogador quando ambos estavam no Felgueiras, está a fazer como treinador do FC Porto. "Os resultados estão à vista, não é nada de anormal. Teve a sua oportunidade e está a justificá-la, era o que eu pensava que iria acontecer", observou.

Jesus diz já ter identificado as fraquezas deste FC Porto que, tal como o Sporting, ainda não perdeu na presente temporada para as competições nacionais: "As poucas que possa ter - e tem - não vamos dizer. Como é óbvio, todas as equipas têm pontos fortes e fracos e nós trabalhamos em cima disso, como o FC Porto também vai vai fazer. Vai ser um jogo táctico, apertado e com poucos espaços, ambas defendem muito bem e um jogo que pode ser decidido com uma jogada individual."

O Sporting entra nesta meia-final depois de um empate no Bonfim frente ao Vitória de Setúbal, mas o técnico "leonino" mantém o discurso de que a sua equipa está numa boa fase. "Não é um jogo que define se a equipa está bem ou mal. O Sporting tem vindo a ganhar, não é o jogo de Setúbal que vai afectar o que o Sporting tem feito até hoje", defende Jesus.

O técnico deixou ainda vários elogios a um dos destaques "leoninos" da época, Bruno Fernandes, gabando a polivalência do jovem médio que o Sporting contratou à Sampdória, mas reconhecendo que ele rende mais como segundo avançado: "É um jogador com polivalência no aspecto táctico, conhece os momentos do jogo, com bola e sem bola. É um jogador que deixa um treinador tranquilo. Onde o encaixar, ele dá rendimento. Quando ele fez mais golos, é a segundo avançado e é onde ele gosta mais de estar."

Sobre se o Sporting ainda irá atacar o mercado até ao final de Janeiro, Jesus apenas diz que o que tem sido feito até agora é para garantir o equilíbrio do plantel: "Todos os plantéis com que trabalhei serão sempre feitos à minha imagem, de acordo com os objectivos e as possibilidades. É isso que temos feito, fizemos uns ajustes, este ano já contratámos quatro jogadores e já saíram três."
deixe-nos o seu comentário
voltar
em destaque
últimos podcasts
GPS - 23 de Fevereiro de 2018
A Bola é nossa - 23 de Fevereiro de 2018
Blê Blê Blê - 23 de Fevereiro de 2018
Pré Visão - 23 de Fevereiro de 2018
Universo Paralelo - 23 de Fevereiro de 2018
os nossos ouvintes
powered by hojenet © Copyright Rádio Nova 2016 - Todos os direitos reservados