Número de mortos nos fogos de Outubro sobe para 46

30 de Janeiro de 2018 | por Lusa
Número de mortos nos fogos de Outubro sobe para 46

CO homem que desapareceu em Gouveia na sequência dos incêndios de Outubro de 2017 foi identificado pelo Instituto Nacional de Medicina Legal (INML), informou esta terça-feira o Ministério da Justiça, que eleva para 46 o número de vítimas mortais daqueles fogos. O homem de 49 anos, que vivia na localidade de Folgosinho, concelho de Gouveia, distrito da Guarda, é a 46.ª vítima mortal.

O Jornal de Notícias avançou que o INML tinha comparado as amostras de ADN cedidas pela família do desaparecido com as ossadas descobertas em Dezembro, tendo confirmado que as mesmas pertenciam à vítima.

Em resposta à agência Lusa, fonte do gabinete do Ministério da Justiça referiu hoje que o INML confirmou a identificação da vítima na semana passada, tendo informado a família do homem.

Segundo fonte da GNR da Guarda, o homem tinha sido visto pela última vez na noite do dia 15 de Outubro de 2017 por uma patrulha, que lhe pediu para acompanhar os restantes habitantes que estavam a ser retirados da aldeia de Folgosinho.

"Ele desobedeceu, colocou-se em fuga e desapareceu. A patrulha saiu do local com os moradores e o homem nunca mais apareceu", relatou, na altura, a GNR da Guarda.

Até ao momento, estavam contabilizadas 45 vítimas mortais relacionadas com esses fogos de Outubro. Já o incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande em 17 de Junho de 2017 causou 66 mortos e mais de 250 feridos.

     
deixe-nos o seu comentário
voltar
em destaque
últimos podcasts
Universo Paralelo - 20 de Fevereiro de 2018
A Bola é nossa - 20 de Fevereiro de 2018
Pré Visão - 20 de Fevereiro de 2018
Entrevistas - 20 de Fevereiro de 2018
Blê Blê Blê - 20 de Fevereiro de 2018
os nossos ouvintes
powered by hojenet © Copyright Rádio Nova 2016 - Todos os direitos reservados