Frente marítima de Gaia com serviço de transporte gratuito durante época balnear

13 de Junho de 2018 | por Lusa
Frente marítima de Gaia com serviço de transporte gratuito durante época balnear

A frente marítima de Vila Nova de Gaia vai estar ligada por um serviço de transporte gratuito durante a época balnear que agora se inicia, indicou hoje o presidente da câmara, pontando como objetivo "desanuviar a pressão automóvel".
O novo 'shuttle' vai ligar as pontas do concelho entre S. Félix da Marinha e a Afurada, estando "muito focado no transporte de famílias", disse à agência Lusa o autarca, Eduardo Vítor Rodrigues.
A esta novidade soma-se um novo plano de informação com suportes digitais ao longo da costa, para fornecer informação como o estado do tempo, ondulação ou últimas notícias.
"Também teremos acessibilidade 'wi-fi' [internet sem fios] para que ninguém se sinta desconectado", referiu Eduardo Vítor Rodrigues.
Todas as praias de Vila Nova de Gaia, distrito do Porto, têm bandeira azul, sendo a novidade este ano a bandeira conquistada para a Douro Marina, valorizada pelo presidente da câmara pois "contraria a ideia de que uma marina é algo poluente".
"É uma bandeira azul muito simbólica e para nós é um orgulho manter as bandeiras. Também destaco as bandeiras das praias acessíveis, que significam que garantimos praias para todos com equipamentos para que as pessoas com deficiência possam ir à água com conforto e segurança", disse o autarca, acrescentando que, para manter as bandeiras, foram gastos mais de 700 mil euros, num "trabalho invisível de requalificação de coisas que o inverno, o tempo, ou as pessoas estragam".
Em matéria de bandeiras azuis e qualidade da praia e da água, Vítor Rodrigues sublinhou o trabalho realizado em parceria com a Águas de Gaia e a administração da Douro Marina.
Outra das novidades para a época balnear em Gaia é a instalação de uma esquadra da Polícia Marítima localizada junto à piscina da Granja, em instalações cedidas e reabilitadas pela câmara.
"Temos 15 quilómetros de orla costeira e, quando tínhamos algum problema, surgiam dificuldades, porque a Polícia Marítima está em Matosinhos, o que levantava até problemas operacionais. Agora, poderemos dispor de uma esquadra de proximidade, que até pode ter efeito preventivo, evitando-se fenómenos ou chegando mais rápido às situações que aconteçam", referiu.
Por fim, informação camarária remetida à Lusa acrescenta que o número de nadadores salvadores é o mesmo do ano transato, mas fora do período oficial da época balnear, em dias em que as condições meteorológicas indiciem uma grande afluência às praias, também haverá vigilância.
"Assim, não será estranho, se após o fim da época balnear se verificar a presença de nadadores salvadores a percorrer a orla marítima", descreveu a autarquia.

deixe-nos o seu comentário
voltar
em destaque
últimos podcasts
GPS - 20 de Junho de 2018
Pré Visão - 20 de Junho de 2018
Blê Blê Blê - 20 de Junho de 2018
A Bola é nossa - 20 de Junho de 2018
K7 do Mundial - 20 de Junho de 2018
os nossos ouvintes
powered by hojenet © Copyright Rádio Nova 2016 - Todos os direitos reservados