Theresa May adia votação sobre "Brexit" sem marcar nova data

10 de Dezembro de 2018 | por Público
Theresa May adia votação sobre

Theresa May decidiu adiar a votação decisiva do acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia no Parlamento. A sessão plenária estava agendada para terça-feira, mas foi suspensa, na sequência de uma reunião de emergência convocada pela primeira-ministra esta segunda-feira, confirmou May aos deputados.

Numa intervenção na Câmara dos Comuns esta segunda-feira, a primeira-ministra confirmou o adiamento da votação, por entender que não conseguiria os apoios necessários para fazer aprovar o acordo. Mas recusou-se a marcar uma nova data - frisou apenas que, de acordo com a lei que rege a saída do Reino Unido da União Europeia, se não houver um acordo em vigor até 21 de Janeiro de 2019, a primeira-ministra terá de fazer uma declaração para o justificar.

May revelou ainda que vai voltar a Bruxelas para “obter garantias” sobre a cláusula de segurança para evitar a reposição da fronteira na ilha irlandesa – solução que conservadores brexiteers e unionistas da Irlanda do Norte insistem que é imperioso riscar do tratado jurídico.

A libra teve uma forte queda desde que a primeira-ministra iniciou a sua declaração - caiu dois cêntimos esta segunda-feira, um mínimo dos últimos 20 meses em relação ao dólar, diz o Guardian.

A forte oposição demonstrada publicamente por representantes de todos os partidos com assento na Câmara dos Comuns – incluindo de mais de 50 deputados do Partido Conservador, de May, e dos dez deputados do Partido Unionista Democrático (DUP) da Irlanda do Norte, que suporta o Governo – fazia prever um cenário de rejeição do acordo alcançado entre o Governo e Bruxelas.

Terá sido a perspectiva de uma derrota humilhante para o “Brexit” de May em Westminster a originar a decisão da líder do Governo.

UE e Irlanda não querem renegociar

A hipótese de renegociar o backstop tem sido, no entanto, liminarmente rejeitada por Michel Barnier, que representa os interesses dos 27 Estados-membros da UE nas negociações, e outros líderes europeus.

deixe-nos o seu comentário
voltar
em destaque
últimos podcasts
Blê Blê Blê - 18 de Janeiro de 2019
A Bola é nossa - 18 de Janeiro de 2019
Pré Visão - 18 de Janeiro de 2019
Universo Paralelo - 18 de Janeiro de 2019
GPS - 18 de Janeiro de 2019
os nossos ouvintes
powered by hojenet © Copyright Rádio Nova 2016 - Todos os direitos reservados