Oposição democrática da Bielorrússia vence prémio Sakharov

22 de Outubro de 2020 | por Público
Oposição democrática da Bielorrússia vence prémio Sakharov

O prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento 2020 foi atribuído pelo Parlamento Europeu à oposição democrática na Bielorrússia, na figura do Conselho de Coordenação, uma plataforma que junta figuras da sociedade civil e personalidades políticas como Svetlana Tikhanouskaia, a adversária eleitoral do Presidente Aleksander Lukashenko, cuja reeleição não foi reconhecida pela União Europeia.

Os outros dois finalistas da edição de 2020 deste prémio europeu que presta homenagem ao trabalho desenvolvido em prol dos direitos humanos e reconhece as acções e contributos excepcionais em defesa da liberdade de pensamento eram a ecologista hondurenha Berta Cáceres e as activistas indígenas da comunidade de Guapinol, e o arcebispo de Mossul, no Iraque, Najeeb Moussa Michaeel.

Os primeiros vencedores do prémio Sakharov, em 1988, foram o líder da luta contra o apartheid sul-africano, Nelson Mandela, e o dissidente soviético, Anatoli Marchenko. Desde então, foram galardoados activistas contra a tortura ou pelo direito à educação, prisioneiros de consciência, advogados, escritores e jornalistas, militantes pacifistas, um grupo anti-terrorismo e a Organização das Nações Unidas. 

O prémio Sakharov tem o valor de 50 mil euros.

deixe-nos o seu comentário
voltar
em destaque
últimos podcasts
Blê Blê Blê - 30 de Novembro de 2020
A Bola é nossa - 30 de Novembro de 2020
Pré Visão - 30 de Novembro de 2020
Universo Paralelo - 30 de Novembro de 2020
Boi com Abóbora - 30 de Novembro de 2020
os nossos ouvintes
powered by hojenet © Copyright Rádio Nova 2016 - Todos os direitos reservados